Homem GripadoTanto a gripe como o resfriado são as infecções virais mais comuns que afetam as vias aéreas. Mas não se trata da mesma doença, elas possuem a origem diferente, apesar de alguns sintomas serem bem parecidos, ambas apresentam um quadro de coriza, tosse com expectoração de catarro e irritação da garganta. A contaminação é muito fácil, pode ocorrer pela fala, tosse, espirro ou saliva.

Resfriado

O resfriado é causado por vários tipos de vírus, como o rinovírus, adenovírus, parainfluenza, etc. Os sintomas mais comuns são a secreção nasal constante (coriza), irritação da garganta, tosse ou obstrução nasal, o famoso nariz entupido, pois o vírus lesiona os tecidos que revestem as paredes internas das vias aéreas, causando uma inflamação.

A transmissão do vírus do resfriado é feita pelo contato direto com pessoas doentes ou por objetos utilizados por elas. Por ter um período de vida curto, assim que o ciclo termina, as mucosas se regeneram e os sintomas desaparecem, isso pode ocorrer em 5 dias, muitas vezes não precisa nem tomar remédio. O resfriado pode ser causado por estresse emocional, doenças já instaladas nas vias aéreas superiores (adenóides, desvio de septo etc), locais com muitas pessoas, quedas bruscas de temperatura e mal ventilados e na queda da umidade.

Gripe

Diferentemente do resfriado, a gripe é provocada somente por um vírus chamado Influenza. Este vírus tem um alto poder de mutação, por isso a dificuldade do organismo humano de se defender. É uma doença contagiosa que ataca as vias respiratórias como nariz, garganta e os pulmões. Neste caso, os sintomas são mais fortes, como: cansaço físico, febre que pode durar de 2 a 6 dias, dores de cabeça e no corpo todo, irritação da garganta e coriza.

A transmissão do vírus da gripe é semelhante a do resfriado, principalmente, pelo ar. Uma pessoa contaminada pode contaminar outras pessoa mesmo antes de sentir os sintomas. Após o tratamento dos sintomas, o corpo reage eliminando o vírus, isso ocorre dentro de uma a duas semanas.

A prevenção continua sendo o melhor caminho. No caso da gripe existe a vacina que tem validade de 1 ano, a eficácia dela chega a 80%, é recomendável que anualmente as pessoas se vacinem, assim o corpo é atualizado dos novos vírus da gripe. Seguir uma alimentação balanceada, beber bastante água e praticar atividades físicas mantém o organismo fortalecido contra possíveis ataques.

Além da gripe comum que afeta o organismo humano, nos últimos anos surgiram gripes provenientes de animais, ou seja, uma doença que era para atingir determinados animais, passou a afetar o ser humano. Saiba como isso aconteceu:

Gripe Aviária ou do Frango

Gripe AviáriaA Gripe  aviária, também conhecida como gripe do frango ou asiática, é uma doença típica das aves. Essa doença, devido a características específicas, pode transmitir o vírus das aves para alguns mamíferos, como o gato doméstico e o homem.

Ela é causada pelo vírus influenza H5N1 (ele pertence a mesma família do vírus da gripe comum), que fica hospedado naturalmente nas aves aquáticas. Foi no continente asiático, que a gripe aviária tomou grande dimensão. Seu índice de mortalidade foi de 33% das pessoas contaminadas. Esse alto índice obrigou as autoridades de saúde de vários países a se precaver, evitando uma maior contaminação.

Nas aves, a gripe aviária, causa a morte em 24 horas. Essa foi a grande preocupação dos produtores de frangos, patos e aves em geral, pois uma ave contaminada, além de contaminar outras morre em apenas vinte e quatro horas, podendo atingir a produção toda. Uma epidemia pode trazer prejuízos financeiros muito altos, influenciando também na produção de carne de aves e ovos no munto inteiro.

A forma de contágio ocorre em contato direto com as secreções de aves infectadas, através do ar e de água, alimentos e roupas também infectadas com o vírus. Não foi registrado nenhum caso de contágio de pessoa para pessoa. Os sintomas mais comuns foram febre muito alta, dificuldades respiratórias, ressecamento da garganta e dores musculares. O tratamento deve ser feito com Tamiflu ou Relenza.

Gripe Suína

Da mesma família do vírus comum e da gripe aviária, a gripe suína é causada pelo vírus influenza H1N1. Devido a uma mutação do vírus, as pessoas que mantinham contato com porcos infectados começaram a ser infectadas. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o grande problema é que essa doença começou a ser transmitida de uma pessoa para outra e muitas vítimas eram tinham boas condições de saúde e eram jovens.

Quando o contágio passou a ser de pessoa para pessoa, foi necessário desenvolver uma forma de diagnosticá-la o mais cedo possível. A OMS enviou ao Brasil kits que podem detectar se há uma infecção em apenas 72 horas, diagnóstico esse, que em um laboratório de análise clínica normal demoraria 15 dias para sair. Vale lembrar que a carne de porco que é vendida para o consumo, após ser cozida não oferece nenhum risco, uma vez que a altas temperaturas é mortal ao vírus.  

Gripe SuínaSintomas da Gripe Suína

- Dores de cabeça fortes;

- Dores musculares;

- Febre superior a 38ºC;

- Tosse;

- Irritação dos olhos e fluxo nasal;

- Falta de apetite;

- Vômitos e diarréia.

Para tratar a doença, a OMS recomenda que seja com os mesmos remédios usados para combater a gripe aviária Tamiflu e Relenza. Para prevenir a infecção pelo vírus são necessários alguma precauções:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabão e mantenha uma boa higiene corporal;
  • Evitar o contato próximo com pessoas que apresentam alguns dos sintomas, como febre e tosse;
  • Mantenha o corpo sempre saudável, com uma alimentação balanceada, sono adequado e exercício físicos, assim manterá a imunidade sempre alta.